Transporte de produtos perigosos: como o agente de cargas ajuda?

Os produtos perigosos estão classificados como os produtos explosivos, corrosivos ou tóxicos que precisam seguir diversas regras para o seu armazenamento, transporte e entrega de maneira segura e adequada.

Transporte de produtos perigosos: como o agente de cargas ajuda?

Transporte de produtos perigosos: como o agente de cargas ajuda?

O transporte de produtos perigosos é um assunto que ainda causa muitas dúvidas para as empresas de comércio exterior, principalmente as que estão iniciando as movimentações de carga com esse tipo de mercadoria.

Isso porque, em resumo, esse tipo de transporte necessita de uma lista de especialidades, exigidas pelo segmento para que as empresas importadoras e exportadoras consigam atuar em movimentações difíceis, cumprindo procedimentos específicos de segurança e prevenção de acidentes. Além disso, requer uma equipe bem treinada para momentos de evasão ou de contingenciamento, caso ocorram imprevistos.

Afinal, a partir do momento que as regras e os cuidados necessários são cumpridos, a movimentação desse tipo de produto ocorrerá sempre de maneira segura e cautelosa. Isso evita maiores transtornos ou riscos para o motorista, as pessoas e para o meio ambiente.

Pronto para aprender mais detalhes sobre o assunto? Continue a leitura até o final!

O que são produtos perigosos?

No comércio exterior existe uma variedade de cargas especiais, as quais necessitam de cuidados diferenciados com o manuseio e a embalagem por conta de suas especificidades ou urgências nas movimentações internacionais.

Isso se dá especialmente com o transporte de produtos perigosos. Afinal, suas necessidades individuais requerem atenção maior do agente de cargas para serem transportadas de um ponto ao outro. Isso porque essas cargas se inserem em uma categoria que poderá trazer risco à saúde das pessoas responsáveis pelo manuseio, assim como aos próprios veículos, além de serem contaminantes ao meio ambiente.

Em resumo, os produtos perigosos estão classificados como os produtos explosivos, corrosivos ou tóxicos que precisam seguir diversas regras para o seu armazenamento, transporte e entrega de maneira segura e adequada.

Como funciona o transporte de produtos perigosos?

Na realização do transporte de produtos perigosos é necessário que o agente de cargas conheça bem as características da mercadoria e siga as regulamentações exigidas.

É preciso verificar a sua composição física e química, além de atentar com qual transportador poderá contar para esse tipo de movimentação. Esse prestador de serviço deve ter a experiência que a movimentação demanda, conforme a natureza da carga.

Ademais, deve-se efetuar a correta identificação de cada classificação da carga perigosa para que seja repassada a informação precisa à transportadora, para posterior conferência das embalagens e das etiquetas conforme a legislação vigente.

Como o agente de cargas ajuda no transporte de produtos perigosos?

O agente de cargas é fundamental para auxiliar os importadores e os exportadores no transporte de produtos perigosos. Ele será o responsável pelos cuidados a serem tomados com esse tipo de produto, seguindo as regulamentações com extrema cautela por ser uma movimentação de risco.

Além disso, deverá conferir as embalagens diferenciadas e devidamente etiquetadas para a circulação e verificar o modelo específico dos veículos escolhidos para essa movimentação por meio de um parceiro operacional com expertise e habituado ao tipo de carga.

Encontrar espaço com transportadoras

Quando se trata do manuseio e da movimentação de produtos perigosos, o objetivo principal do agente de cargas é sempre tomar as medidas necessárias e mais adequadas para garantir a segurança pelo trajeto da carga conforme o planejamento prévio.

Por isso, na escolha pela transportadora que realizará o transporte de produtos perigosos é sempre bom se certificar sobre:

  • o entendimento da empresa com relação às particularidades da carga perigosa;
  • qual é o tipo de espaço físico disponibilizado no veículo; e
  • o treinamento do motorista para a exposição ao risco ou para a condução da carga.

Negociar melhores preços

Antes de tudo, as negociações pelo tipo de frete são definidas por alguns quesitos importantes e que devem estar presentes no acerto pelo valor final. Por exemplo, o destino, a frequência e a urgência.

Porém, o fator principal para o transporte de produtos perigosos é a carga em si, com todas as suas especificidades. E todos os envolvidos na movimentação da carga precisam ter ciência de fatores como:

  • quais danos a carga pode causar à saúde;
  • a embalagem a ser utilizada;
  • se o veículo será vedado; e
  • quais paradas serão permitidas.

Afinal, negociar um melhor preço de frete para a movimentação da carga perigosa vai depender dos itens a serem tratados sobre o produto, de forma que o negócio seja firmado conforme as necessidades reais do transporte, evitando contratações excedentes ou aquém do exigido.

Auxiliar com os documentos de carga perigosa

Primeiramente, o agente de cargas precisa atentar para que o transporte de produtos perigosos esteja de acordo com a regulamentação da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), por meio da Resolução nº 5.947/2021 que torna a sua aplicação simplificada e eficaz.

Em seguida, deve dar a atenção necessária para as obrigações vigentes na legislação que definem as infrações e as penalizações cabíveis. Além disso, é preciso estabelecer uma fiscalização para manter os requisitos primordiais como a sinalização do veículo, o tipo de veículo transportador e a capacitação do motorista em funcionamento.

Finalmente, é imprescindível conferir toda a documentação e as autorizações necessárias para o transporte de produtos perigosos, tanto do motorista quanto do veículo como, por exemplo:

  • o certificado de registro da carga na Polícia Federal;
  • o documento fiscal;
  • a ficha de monitoramento e emergências;
  • a guia de tráfego;
  • a requisição de transporte aprovada; e
  • a declaração do órgão expedidor para o caso de material radioativo.

Controle os seus processos de produtos perigosos com a e.Mix

Nesse artigo vimos informações essenciais e que não podem deixar de ser observadas por todos os responsáveis no transporte de produtos perigosos. Tudo isso para que os riscos sejam reduzidos e não causem acidentes que tragam prejuízos para a saúde humana e para o meio ambiente.

A e.Mix poderá ajudar a automatizar suas importações ou exportações de produtos perigosos tornando suas tarefas simplificadas e fomentando a melhoria contínua dos seus processos operacionais. Você terá um ganho de produtividade muito maior por meio de softwares extremamente flexíveis e que irão transformar por completo o seu modo de trabalhar.

Utilize melhor o seu tempo acompanhando suas operações de maneira automatizada, no momento exato e com as ferramentas ideais para otimizar os seus resultados. Com as soluções inovadoras da e.Mix a sua empresa alcançará os objetivos em curto e médio prazo, criando diferenciais para os seus próprios clientes.

 

Veja também
Sua empresa está realmente adaptada ao novo Catálogo de Produtos?
Sua empresa está realmente adaptada ao novo Catálogo de Produtos?

Se a sua empresa ainda não está adaptada a mudança do novo Catálogo de Produtos, você corre o risco de enfrentar complicações regulatórias, atrasos e custos adicionais.

A nova exigência do Catálogo de Produtos visa a eficiência e a conformidade das operações de importação. Ao integrar este módulo ao Portal Único Siscomex, o governo busca simplificar os processos comerciais e aumentar a transparência das operações. Isso impacta diretamente na maneira como as empresas interagem com os órgãos de controle e gestão aduaneira.

Se sua empresa não se adaptar rapidamente, poderá enfrentar desafios significativos, como multas, atrasos na liberação de mercadorias e um aumento nos custos operacionais devido à necessidade de retrabalho. Agora é o momento de agir e garantir que sua empresa esteja pronta para essa transformação, evitando complicações futuras e se posicionando como líder no mercado de comércio exterior.

Leia mais
Gestão de relacionamento com fornecedores: estratégias para construir parcerias duradouras
Gestão de relacionamento com fornecedores: estratégias para construir parcerias duradouras

O sucesso de uma empresa depende da qualidade e da eficiência de suas relações com fornecedores. A gestão de relacionamento com fornecedores não é apenas sobre negociar contratos; é também sobre construir parcerias estratégicas que impulsionam o crescimento mútuo e a sustentabilidade a longo prazo. Para qualquer empresa, desenvolver um sistema robusto para gerenciar essas relações é crucial para manter a competitividade e garantir a qualidade dos produtos importados.

Neste artigo, exploraremos estratégias fundamentais para fortalecer o relacionamento com fornecedores. Vamos discutir como a adoção de uma abordagem proativa pode transformar a gestão de fornecedores em um diferencial competitivo para sua empresa no mercado global.

Leia mais
Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras
Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras

Auditorias aduaneiras são uma realidade inevitável para empresas envolvidas em atividades de importação e exportação. Estas inspeções são essenciais para garantir a conformidade com as leis e regulamentos locais e internacionais. Ser pego despreparado durante uma auditoria aduaneira pode resultar em penalidades significativas, atrasos nas operações e danos à reputação da empresa. Portanto, estar bem preparado não é apenas uma medida de precaução; é uma estratégia crucial para manter a eficiência e a integridade dos negócios.

Este artigo detalha como as empresas podem se antecipar, se preparando para enfrentar auditorias aduaneiras com confiança. Desde compreender o que esperar em uma auditoria até implementar sistemas robustos de documentação e treinamento de equipe, exploraremos as melhores práticas que ajudam a garantir que sua empresa esteja sempre pronta para demonstrar sua conformidade. Ao adotar uma abordagem proativa ao manter dados e documentos organizados, as empresas podem transformar auditorias aduaneiras de potenciais ameaças em oportunidades para reafirmar seu compromisso com a excelência operacional.

Leia mais