Exportações brasileiras crescem acima da média mundial

Postado em 18 de maio de 2018 às 15:30

O Brasil cresceu sua porcentagem de participação nas exportações mundiais no ano passado. O dado integra o relatório “Trade and Statistics Outlook” divulgado essa semana pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

O documento aponta que o comércio mundial apresentou o maior crescimento em volume em seis anos, ao registrar uma expansão de 4,7%, no ano passado. Em valor, as exportações mundiais aumentaram 10,6%.

O Brasil registrou aumento acima da média mundial. As exportações brasileiras cresceram 17,5 % em valor, em 2017, depois de cinco anos de quedas consecutivas. O resultado levou à ampliação da participação brasileira nas vendas mundiais para 1,23% do total – contra 1,16% em 2016. O índice de 2017 para o Brasil é o maior desde 2013, quando chegou a 1,28%.

O relatório também mostra que o crescimento das vendas brasileiras ao exterior, no período, foi o 6º mais expressivo entre os trinta maiores exportadores – na frente de países como Estados Unidos, China, Alemanha, México e Índia.

Para o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Abrão Neto, o bom resultado do Brasil reflete “o crescimento da demanda mundial, que aqueceu o apetite por produtos nos quais o Brasil é competitivo”. O secretário também atribuiu o resultado a outros fatores como a safra agrícola recorde, o crescimento da produção de petróleo e o desempenho favorável das exportações de bens manufaturados, como do setor automotivo. Em 2017, a indústria brasileira bateu recorde histórico ao exportar 791 mil automóveis e veículos de cargas para 83 países diferentes. Um crescimento de 40% em relação a 2016, com destaque para os países com os quais o Brasil firmou acordos automotivos como Argentina (com aumento de 43% frente a 2016); México (+70%); Chile (+98%); Uruguai (+59%); e Colômbia (+50%).

 Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

Você precisa de uma solução personalizada?

Preencha corretamente os dados abaixo e envie sua mensagem, um profissional especializado entrará em contato com você.

Exportações em 2018 alcançam o maior valor dos últimos 5 anos

Postado em 07 de janeiro de 2019 às 16:20

Exportações somaram US$ 239,5 bilhões e importações US$ 181,2 bilhões. Fluxo de comércio cresceu 13,7% no ano e chegou a US$ 420,7 bilhões   A corrente de comércio brasileira, que é a soma das exportações e importações, cresceu 13,7% em 2018. As exportações alcançaram US$ 239,5 bilhões enquanto as importações registraram US$ 181,2 bilhões. O […]

e.Mix é destaque nos portais Exame, Terra, InfoMoney e agência O Globo

Postado em 19 de dezembro de 2018 às 10:31

A e.Mix foi tema de matéria publicada nos principais portais de notícias do Brasil. Os conteúdos trazem informações sobre a utilização de sistemas para automatização e com inteligência artificial, que diminuem ou excluem algumas etapas durante os processos de importação e exportação. Nas matérias, o gerente comercial da e.Mix, Márcio Rodrigues, explicou como as soluções […]

Sistemas automatizados contribuem para agilidade nos processos de importação e exportação

Postado em 11 de dezembro de 2018 às 15:32

Soluções desenvolvidas por empresa brasileira de software atuam na gestão das operações de comércio exterior. O uso da tecnologia no mercado de comércio exterior tem contribuído muito para o aumento da produtividade nas importações e exportações no cenário brasileiro. Prova disso, são os dados divulgados recentemente: o Brasil subiu 33 posições no ranking de comércio […]

São Paulo • +55 11 2122 0219
Santos • +55 13 4062 9577
Campinas • +55 19 4062 8962
Rio de Janeiro • +55 21 3005 2073
Curitiba • +55 41 2626 1437
Porto Alegre • +55 51 2626 4231
Rua Barão de Jaguara, 707, 3º Andar, Centro - Campinas/SP
Deus seja louvado - Valores Virtuosos e.Mix
Missão: Contribuir para o sucesso com soluções inovadoras, transformando vidas e fortalecendo as relações.
Valores: Amor, Comprometimento, Ética, Excelência, Inovação, Respeito.
1997-2019 | e.Mix - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: DLS/ Comunicação