Como facilitar o controle dos pedidos de importação

Para as empresas que trabalham com importação, gerenciar os pedidos diários nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso, é preciso desenvolver uma rotina de […]

Como facilitar o controle dos pedidos de importação

Para as empresas que trabalham com importação, gerenciar os pedidos diários nem sempre é uma tarefa fácil.

Por isso, é preciso desenvolver uma rotina de tarefas e estar ciente que, para manter o controle, é necessário que elas sejam seguidas rigorosamente. Geralmente, o primeiro procedimento a ser realizado é o controle dos pedidos de importação a partir de planilhas eletrônicas, que precisam de constante atualização.

Essa medida pode ajudar na organização dos processos, mas ela apresenta a desvantagem de demandar muito tempo da equipe nessas atividades, isso sem falar na necessidade de que os controles sejam feitos com um razoável nível de detalhamento. Em alguns casos, esse procedimento é indispensável para o controle da quantidade de pedidos entregues em relação às compras realizadas.

Além disso, a equipe responsável pelas atividades de importação da empresa deve estar sempre atenta às movimentações dos produtos para que possa posicionar o time de vendas e a linha de produção sobre a data prevista de entrega de mercadorias.

Também se deve realizar o controle dos documentos inerentes ao processo aduaneiro e de compras, que é realizado de forma física ou com arquivos salvos eletronicamente.

Foi pensando em toda essa rotina que a e.Mix percebeu a necessidade de criar o FollowNet One, um serviço que oferece a possibilidade de guarda eletrônica de todos esses dados, além do gerenciamento dos envios automáticos.

Com o FollowNet One, o controle dos pedidos de importação é prático e os conhecimentos sobre os processos de logística internacional se tornam muito mais amplos, permitindo a criação de uma torre de controle para esse acompanhamento, além de um BI e automatizações com inteligência artificial.

Sobre a e.Mix

A e.Mix está há mais de  anos no mercado de desenvolvimento de softwares para empresas de comércio exterior. Nossos softwares gerenciam anualmente milhões de operações de clientes das mais variadas atividades e portes, aumentando produtividade, assertividade e reduzindo custos.

Saiba mais sobre nossos softwares.

Cadastre-se para receber todos os artigos por e-mail em primeira mão

    Sugira um tema para publicarmos no blog

      Veja também
      Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras
      Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras

      Auditorias aduaneiras são uma realidade inevitável para empresas envolvidas em atividades de importação e exportação. Estas inspeções são essenciais para garantir a conformidade com as […]

      Leia mais
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?

      De acordo com o Art. 404 do Regulamento Aduaneiro, o entreposto aduaneiro é definido como um regime especial que pode ser usado tanto na importação como na exportação. Ele serve para que as empresas possam armazenar suas mercadorias realizando a liberação junto à RFB com um prazo maior do que o habitual ou até efetuar a retirada das mercadorias de forma parcial. 

      Dessa maneira, o entreposto possibilita a suspensão dos impostos até que todas as etapas sejam finalizadas, no caso da importação e da exportação. Dependendo de cada caso, algumas das vantagens destes regimes estão na possibilidade de as empresas aprimorarem seus planejamentos logísticos e reduzirem os custos das operações. 

      Leia mais
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?

      Basicamente, a purchase order na importação é o documento que inicia a formalização do processo de compra de um produto importado. É a autorização da compra ou a confirmação da encomenda pelo comprador. 

      O pedido de compra contém todas as informações pertinentes ao produto ou serviço que será entregue, e estabelece a relação comercial a partir da aceitação do fornecedor. 

      Leia mais