Dashboard: O que é e como funciona?

Um desafio comum em empresas que trabalham com números abertos é permitir que os diversos setores conseguissem monitorar a evolução dos resultados de acordo com […]

Dashboard: O que é e como funciona?

Um desafio comum em empresas que trabalham com números abertos é permitir que os diversos setores conseguissem monitorar a evolução dos resultados de acordo com as metas definidas e objetivos traçados.

Uma boa solução para curar essas dores é a criação de dashboards que permitam o acompanhamento dos resultados por períodos do dia, semana ou até mesmo em tempo real.

Vamos explicar melhor o que são dashboards, suas possibilidades e vantagens em criar os painéis para auxiliá-lo no cotidiano da sua empresa. Confira:

 

O que é um dashboard?

Dashboards são painéis que mostram métricas e indicadores importantes para alcançar objetivos e metas traçadas de forma visual, facilitando a compreensão das informações geradas.

Existem diversos tipos de geração de informação, mas o formato visual ganha muitos pontos quando se trata de entender como estão indo resultados, possibilitando que qualquer pessoa consiga consumir a informação.

O objetivo dos dashboards é possibilitar o monitoramento dos resultados de uma empresa distribuídos em diversos indicadores. Para chegar a esse patamar é preciso responder perguntas essenciais para ter as respostas desejadas. Se você não souber o que perguntar, não será possível construir um dashboard.

Para determinar as perguntas certas, é preciso compreender as necessidades da empresa de forma clara. A definição de métricas de KPIs para acompanhamento é crucial para você criar as perguntas necessárias.

Não serão criadas perguntas perfeitas em um primeiro momento porque o cenário do “campo de batalha” para alcançar o objetivo pode mudar a cada instante, sendo isso determinante para os próximos passos.

Definindo as métricas necessárias de acompanhamento, fica mais fácil seguir para o próximo passo na criação de um dashboard. A visualização dos dados e informações apresentadas pode ser considerada um grande trunfo do painel.

Em alguns casos a infografia é utilizada para decifrar números e dados de forma simples que antes eram complicadas, mas em sua grande maioria os gráficos são usados para representar a informação. Por serem universais, muitas pessoas já compreendem sua leitura.

O ponto principal em um painel de controle deve estar na sua capacidade de transmitir a informação de forma rápida e eficiência.

Gradativamente, trabalhamos com técnicas e conceitos de experiência do usuário (UX) para criar um dashboard que permita uma visualização simples para os diversos tipos de públicos que irão consumir as informações.

O que intercede muito na criação de um painel, é saber qual seu tipo para detalharmos ao máximo cada ponto para quem vai consumir de fato aquelas informações diretamente ou indiretamente.

 

Tipos de dashboards

São basicamente 3 tipos de dashboards para suprir as necessidades de monitoramento dos resultados: os operacionais, que contribuem para monitorar níveis de operação de analistas; os táticos, que permitem ter uma visão de como andam as operações de acordo com as estratégias criadas; e os estratégicos, que normalmente são monitoradas KPIs e criados scorecards de acordo com metas estabelecidas. Cada tipo de dashboard atende determinado escalão de uma empresa com suas responsabilidades e o que deve ser monitorado.

 

O que não fazer em um dashboard?

Para criar um dashboard, precisamos ter diversos cuidados, caso contrário o painel poderá se transformar em um Frankenstein e não ser útil.

Veja algumas dicas do que não fazer ao criar um dashboard:

  • Nunca deixe de definir o objetivo de um dashboard;
  • Nunca deixe de definir o público do dashboard;
  • Não adicione muitas cores;
  • Não faça uso de imagens desnecessárias;
  • Não apresente dados/informações desnecessárias ou pouco relevantes de acordo com o objetivo do dashboard;
  • Não trabalhe com barra de rolagem nos dashboards, o ideal é ter todas as informações em uma única tela.

Dashboard da e.Mix

Por isso é hora de dar um basta nas planilhas e adotar um sistema de gestão de processos em comércio exterior. A e.Mix é uma empresa que presta excelentes serviços na área de automação para importação e exportação. Conheça algumas ferramentas da empresa que podem lhe ajudar a se consolidar no mercado.

Sobre a e.Mix

A e.Mix está há mais de anos no mercado de desenvolvimento de softwares para empresas de comércio exterior. Nossos serviços gerenciam anualmente milhões de operações de clientes das mais variadas atividades e portes, aumentando a produtividade, assertividade e reduzindo custos.

Saiba mais sobre nossos softwares

Veja também
Sua empresa está realmente adaptada ao novo Catálogo de Produtos?
Sua empresa está realmente adaptada ao novo Catálogo de Produtos?

Se a sua empresa ainda não está adaptada a mudança do novo Catálogo de Produtos, você corre o risco de enfrentar complicações regulatórias, atrasos e custos adicionais.

A nova exigência do Catálogo de Produtos visa a eficiência e a conformidade das operações de importação. Ao integrar este módulo ao Portal Único Siscomex, o governo busca simplificar os processos comerciais e aumentar a transparência das operações. Isso impacta diretamente na maneira como as empresas interagem com os órgãos de controle e gestão aduaneira.

Se sua empresa não se adaptar rapidamente, poderá enfrentar desafios significativos, como multas, atrasos na liberação de mercadorias e um aumento nos custos operacionais devido à necessidade de retrabalho. Agora é o momento de agir e garantir que sua empresa esteja pronta para essa transformação, evitando complicações futuras e se posicionando como líder no mercado de comércio exterior.

Leia mais
Gestão de relacionamento com fornecedores: estratégias para construir parcerias duradouras
Gestão de relacionamento com fornecedores: estratégias para construir parcerias duradouras

O sucesso de uma empresa depende da qualidade e da eficiência de suas relações com fornecedores. A gestão de relacionamento com fornecedores não é apenas sobre negociar contratos; é também sobre construir parcerias estratégicas que impulsionam o crescimento mútuo e a sustentabilidade a longo prazo. Para qualquer empresa, desenvolver um sistema robusto para gerenciar essas relações é crucial para manter a competitividade e garantir a qualidade dos produtos importados.

Neste artigo, exploraremos estratégias fundamentais para fortalecer o relacionamento com fornecedores. Vamos discutir como a adoção de uma abordagem proativa pode transformar a gestão de fornecedores em um diferencial competitivo para sua empresa no mercado global.

Leia mais
Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras
Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras

Auditorias aduaneiras são uma realidade inevitável para empresas envolvidas em atividades de importação e exportação. Estas inspeções são essenciais para garantir a conformidade com as leis e regulamentos locais e internacionais. Ser pego despreparado durante uma auditoria aduaneira pode resultar em penalidades significativas, atrasos nas operações e danos à reputação da empresa. Portanto, estar bem preparado não é apenas uma medida de precaução; é uma estratégia crucial para manter a eficiência e a integridade dos negócios.

Este artigo detalha como as empresas podem se antecipar, se preparando para enfrentar auditorias aduaneiras com confiança. Desde compreender o que esperar em uma auditoria até implementar sistemas robustos de documentação e treinamento de equipe, exploraremos as melhores práticas que ajudam a garantir que sua empresa esteja sempre pronta para demonstrar sua conformidade. Ao adotar uma abordagem proativa ao manter dados e documentos organizados, as empresas podem transformar auditorias aduaneiras de potenciais ameaças em oportunidades para reafirmar seu compromisso com a excelência operacional.

Leia mais