Definições dos Cookies

Lei Geral de Proteção de Dados

O que são cookie?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site. Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem as funcionalidades centrais, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Esses cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Cookies Primários

Alguns cookies serão colocados em seu dispositivo diretamente pelo nosso site - são conhecidos como cookies primários. Eles são essenciais para você navegar no site e usar seus recursos.

Temporários

Nós utilizamos cookies de sessão. Eles são temporários e expiram quando você fecha o navegador ou quando a sessão termina.

Finalidade

Estabelecer controle de idioma e segurança ao tempo da sessão.

Persistentes

Utilizamos também cookies persistentes que permanecem em seu disco rígido até que você os apague ou seu navegador o faça, dependendo da data de expiração do cookie. Todos os cookies persistentes têm uma data de expiração gravada em seu código, mas sua duração pode variar.

Finalidade

Coletam e armazenam a ciência sobre o uso de cookies no site.

Cookies de Terceiros

Outros cookies são colocados no seu dispositivo não pelo site que você está visitando, mas por terceiros, como, por exemplo, os sistemas analíticos.

Temporários

Nós utilizamos cookies de sessão. Eles são temporários e expiram quando você fecha o navegador ou quando a sessão termina.

Finalidade

Coletam informações sobre como você usa o site, como as páginas que você visitou e os links em que clicou. Nenhuma dessas informações pode ser usada para identificá-lo. Seu único objetivo é possibilitar análises e melhorar as funções do site.

Persistentes

Utilizamos também cookies persistentes que permanecem em seu disco rígido até que você os apague ou seu navegador o faça, dependendo da data de expiração do cookie. Todos os cookies persistentes têm uma data de expiração gravada em seu código, mas sua duração pode variar.

Finalidade

Coletam informações sobre como você usa o site, como as páginas que você visitou e os links em que clicou. Nenhuma dessas informações pode ser usada para identificá-lo. Seu único objetivo é possibilitar análises e melhorar as funções do site.

Você pode desabilitá-los alterando as configurações do seu navegador, mas saiba que isso pode afetar o funcionamento do site.

Chrome Firefox Microsoft Edge

Caso queira mais informações sobre os cookies de terceiros acesse:

Google Analytics Hotjar Facebook

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Definições dos cookies. Ao clicar em Eu concordo, você consente com a utilização de cookies.

Ex-Tarifário: o que é, qual a importância e como solicitar o benefício

Publicado em 05 de julho de 2022
Compartilhe:

Ex-Tarifário: o que é e como solicitar

Reduzir a carga tributária de empresas que dependem de bens produzidos exclusivamente no exterior pode ser uma tarefa difícil. O Ex-Tarifário, benefício que reduz o Imposto de Importação de bens específicos, aparece neste contexto como um grande aliado.

Este benefício foi criado pelo Governo brasileiro com o intuito de promover o desenvolvimento da indústria nacional, uma alternativa para atender a demanda de importação de bens de capital e bens de informática e telecomunicação que não possuem similares produzidos no Brasil.

Com o Regime Ex-Tarifário é possível reduzir custos de investimentos, além de modernizar a infraestrutura de máquinas e equipamentos. Como resultado, temos o fomento do mercado nacional.

Neste artigo iremos entender quais as aplicações do Ex-Tarifário e como requerer aos órgãos governamentais competentes esse tão importante benefício.

Ex-Tarifário: O que é?

O Regime Ex-Tarifário consiste em um benefício fiscal de redução temporária da alíquota do Imposto de Importação (II), concedido pelo Ministério da Economia às empresas que possuem operações de importação de produtos específicos.

calculadora

Este benefício aplica-se a produtos classificados na TEC (Tarifa Externa Comum) como bens de capital (BK) e bens de informática e telecomunicações (BIT) que não possuem similares produzidos no Brasil ou, ainda, aqueles cuja produção nacional é insuficiente para atender toda a demanda.

Ex-Tarifário: Qual a importância?

A finalidade principal do Ex-Tarifário é instigar o investimento produtivo no mercado nacional, contribuindo para o aumento das transações comerciais brasileiras. Desse modo, coloca o país em um patamar mais elevado na competitividade global.

Com a redução do II para a importação dos produtos de BK e BIT, as empresas não são penalizadas em absorver o custo deste imposto em sua produção, visto que, como os itens em questão não são fabricados no Brasil, a única alternativa para essas empresas é a importação.

Sendo assim, o Ex-Tarifário tenta garantir uma maior igualdade na competição dessas empresas brasileiras frente ao mercado nacional e internacional.

Ex-Tarifário: Como solicitar?

A solicitação de inclusão de um Ex-Tarifário, mais conhecido como “pleito”, pode ser executada tanto pela empresa importadora como por entidades de classes empresariais que visam defender o interesse de um grupo de empresas de um mesmo setor.

Atualmente, o pleito deve ser realizado exclusivamente por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e são direcionadas automaticamente para análise da “Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação”.

Desde a solicitação do pleito até a efetivação do Ex-Tarifário, que se dá com a publicação do benefício no Diário Oficial da União (DOU), existe uma série de etapas que devem ser rigorosamente observadas.

Assim, quanto maior a atenção e dedicação na execução do passo a passo do pleito, maior a chance de finalização de análise pelo Ministério da Economia dentro do prazo médio de 45 dias. Entretanto, vale ressaltar que esse prazo pode sofrer alterações de acordo com a complexidade do produto requisitado e da qualidade das informações prestadas no SEI.

Juntada de Documentos

O primeiro passo para requisitar o benefício do Ex-Tarifário é levantar e organizar as diversas informações e documentos que darão base ao pleito.

Podemos dizer que esta primeira fase é o “coração” de todo processo, pois é nesta etapa que o solicitante precisa comprovar e justificar que seu pleito se enquadra nas regras determinados na Portaria nº 309, de 24 de junho de 2019.

Esta portaria é a que define todos os critérios e requisitos elegíveis para a solicitação do Ex-Tarifário.

Em seguida listamos todos os documentos e informações necessários para completar esta fase do processo.

Classificação Fiscal

É preciso identificar assim como informar o código da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) na qual o pleiteante acredita que o produto deve ser classificado.

O produto deve corresponder a um único código NCM, mesmo que sob forma de combinação de máquinas.

Descrição da TEC

O pleiteante deve sugerir a descrição para o Ex-Tarifário, portanto, deve seguir alguns requisitos mínimos determinados na Portaria nº 309/2019, tais como:
• Texto contínuo sem o uso do ponto final;
• Deve sempre ser redigido no plural;
• O texto deve ser descritivo, sem o uso de partes explicativas;
• A descrição não deve conter dados de modelo, marca ou patente;
• A descrição deve ser clara e objetiva, contendo os principais parâmetros do bem pleiteado.

Catálogos, Proforma

Também se faz necessária a apresentação do catálogo original do produto objeto do pleito, bem como a Fatura Proforma, ambos devidamente traduzidos para o português.

Além disso, quando necessário para entendimento das características do produto, deve-se enviar a literatura técnica, sempre traduzida para o português.

Descritivo do Bem

Deve-se indicar o descritivo do bem com seus principais requisitos técnicos, funcionalidades e tecnologia que o distingue dos bens produzidos nacionalmente.

Para facilitar a análise do pleito, é aconselhável apresentar os atributos em ordem de relevância.

Descritivo das Hipóteses

Quando aplicável, é preciso descrever as hipóteses disponíveis no inciso IV do art. 14 da Portaria nº 309/2019, em que se enquadra a solicitação do Ex-Tarifário, além de anexar a documentação comprobatória de qual hipótese. Conforme a portaria, as hipóteses possíveis são:
• Diretrizes das políticas governamentais;
• Absorção de novas tecnologias;
• Investimento em melhoria de infraestrutura;
• Isonomia com bens produzidos no Brasil, no atendimento às leis e regulamentos técnicos e de segurança.

Dados para comunicação

Por fim, nesta etapa, é preciso informar um e-mail válido para comunicação. É através deste e-mail que ocorrerão todas as notificações sobre o pleito.

Análise Documental

Com a finalização da etapa anterior, na qual o pleiteante disponibilizou toda a documentação no sistema SEI e já está com o número do protocolo em mãos, tem início a segunda etapa da solicitação do Ex-Tarifário, que é a análise documental realizada pela Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação, do Ministério da Economia.

A análise documental é feita detalhadamente a fim de verificar a veracidade das informações e constatar que o pleito atende todos os requisitos.

O solicitante será notificado por e-mail e tem a oportunidade de sanar a irregularidade no prazo de 10 dias, do contrário o caso é arquivado.

Consulta Pública

Após análise documental, quando todos os requisitos estão de acordo com a legislação vigente, é aberta uma consulta pública sobre o pleito.

A consulta pública tem duração de 20 dias e é a oportunidade para que concorrentes, fabricantes nacionais e outros interessados contestem a solicitação do Ex-Tarifário, apresentando argumentos e documentação específica para tal.

Análise da Consulta Pública

Caso haja qualquer contestação frente a solicitação do Ex-Tarifário via consulta pública, os dados serão então, analisados e, se admitida, o pleiteante será notificado para apresentar defesa no prazo de 10 dias corridos.

A argumentação e os documentos enviados frente a contestação na consulta pública são assim, novamente analisados.

Caso não haja manifestação por parte do solicitante, o pleito é arquivado.

Decisão Final do GECEX

Cabe à Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, mais especificamente ao Comitê Executivo de Gestão (GECEX), a concessão ou então, o indeferimento dos pleitos.

Publicação no Diário Oficial

Por fim, todas as decisões sobre os pleitos de Ex-Tarifário, sejam elas indeferidas ou concedidas, são publicadas oficialmente no DOU, por portarias editadas pelo Secretário Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais.

Logo após a publicação no DOU, entra em vigor o Ex-Tarifário, que possui um prazo inicial de dois anos, podendo este ser prorrogado.

Com a e.Mix você controla todas as etapas do Comércio Exterior

Em síntese, o Ex-Tarifário pode ser uma grande vantagem competitiva para empresas que utilizam BK e BIT. No entanto, o pleito deste regime envolve diversas etapas que devem ser executadas com muita atenção.

Em meio a tantas atividades, sobretudo para atuar naquelas mais estratégicas, é imprescindível contar com ajuda de sistemas que facilitem o controle de suas operações de Comércio Exterior e alertem sobre riscos e desvios dos processos.

Diante disso, o FollowNet da e.Mix oferece total controle sobre sua operação, desde o pedido de compra ou venda até a entrega final, além de possibilitar o acompanhamento em tempo real da sua carga.

 

Compartilhe:

Sugira um tema para publicarmos no blog





    EXW
    EXW: conheça o INCOTERM Ex-Works e a sua aplicação
    Leia mais
    módulo de comércio exterior
    Por que agregar um módulo de Comércio Exterior no meu ERP?
    Leia mais
    pagamento centralizado do comércio exterior
    O que é o Pagamento Centralizado do Comércio Exterior?
    Leia mais
    LGPD no comércio exterior
    LGPD no Comércio Exterior: O que é e o que tem a ver?
    Leia mais
    arrow-left

    Precisa de uma solução personalizada?
    Preencha seus dados para retornarmos seu contato.





      São Paulo • +55 11 2122 0219
      Santos • +55 13 4062 9577
      Campinas • +55 19 4062 8962
      Rio de Janeiro • +55 21 3005 2073
      Curitiba • +55 41 2626 1437
      Porto Alegre • +55 51 2626 4231
      logo-footer
      logo 23 anos
      Rua Barão de Jaguara, 707, 3º Andar, Centro - Campinas/SP
      Deus seja louvado - Valores Virtuosos e.Mix
      Propósito: Contribuir para o sucesso com soluções inovadoras, transformando vidas e fortalecendo as relações.
      Valores: Amor, Comprometimento, Ética, Excelência, Inovação, Respeito.
      1997-2022 | e.Mix - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
      Elleven