Logística internacional: o que é e qual a sua importância?

A logística internacional é uma ferramenta fundamental no Comércio Exterior que permite a melhoria dos sistemas logísticos entre os parceiros. Desse modo, seu objetivo é ligar os processos com os clientes externos, a exemplo dos fabricantes, das indústrias e dos fornecedores.

Logística internacional: o que é e qual a sua importância?

A importância da logística internacional

Neste artigo iremos abordar aspectos relevantes da logística internacional para o Comércio Exterior, os principais modais utilizados nas movimentações internacionais, bem como os custos mais impactantes para o setor.

Serão contextualizados o conceito e a importância da logística para que importadores e exportadores de todos os níveis tenham a ciência da melhoria que uma logística adequada ocasiona na cadeia produtiva. Além disso, falaremos do impacto nas empresas resultado de processos operacionais sujeitos a uma logística inadequada.

O que é a logística internacional?

A logística internacional é uma ferramenta fundamental no Comércio Exterior que permite a melhoria dos sistemas logísticos entre os parceiros. Desse modo, seu objetivo é ligar os processos com os clientes externos, a exemplo dos fabricantes, das indústrias e dos fornecedores.

Com a globalização as empresas se tornam cada vez mais competitivas e, na busca por uma atuação mais precisa, utilizam-se da logística como uma ferramenta empresarial que garanta conceitos modernos aos seus procedimentos, negócios e produtos.

Esse novo modelo de gestão está ligado aos processos de compra, armazenagem e distribuição de mercadorias, colocando a empresa em posição de destaque em relação aos seus concorrentes.

Principais modais de transporte na logística internacional

Cada um dos modais de transporte utilizados na logística internacional tem suas características e aspectos diferenciados com o intuito de contribuir para a operação logística. Portanto, a mercadoria chegará ao destino no período combinado, com o custo devidamente planejado e a sua rota adequada ao tipo de movimentação necessária.

Os principais modais utilizados nas operações são:

  • Aeroviário;
  • Rodoviário;
  • Aquaviário;
  • Ferroviário;
  • Dutoviário; e
  • Infoviário.

Qual é a importância da logística internacional na cadeia produtiva?

A logística internacional é a área da logística operacional que liga a estratégia da empresa importadora e exportadora a todas as operações do Comércio Exterior. Por isso está sempre em busca de otimizar os processos operacionais nos fluxos de armazenamento até a entrega do produto ao cliente final.

Com o avanço tecnológico surge uma metodologia de armazenagem estratégica chamada Just In Time, cuja finalidade é reduzir o tempo de produção assim como a permanência do produto no estoque. Isso permite aumentar o padrão de qualidade dos produtos e dos serviços disponíveis, fornecendo a flexibilidade exigida no acompanhamento das demandas.

Ou seja, efetua-se a produção do pedido demandado com o material existente no estoque, sem a necessidade de pedir material exclusivo. Dessa maneira, não há excesso de insumos e nem de produtos no estoque ou na pronta entrega.

Em relação às alternativas encontradas pelas empresas que atuam no Comércio Exterior, diante das crises, do excesso de burocracia, das taxas e impostos altos, fica clara a importância do papel da logística internacional para o sucesso das operações no mercado global.

A logística eficiente conquistará então a credibilidade e a confiança do mercado de atuação, fazendo com que a empresa se consolide no Comércio Exterior e que a mercadoria chegue ao destino nos padrões de qualidade e eficiência, em prazo razoável e com o menor custo possível.

Com o crescimento das vendas na pandemia, muitas empresas se viram obrigadas a inovar seus processos, principalmente por conta da exigência de um diferencial que o mercado internacional, cada vez mais competitivo e saturado, vem exigindo de cada empresa.

Em síntese, a logística internacional tem papel crucial na minimização de erros nos acordos comerciais, a fim de:

  • diminuir despesas;
  • otimizar a burocracia;
  • melhorar o relacionamento entre os diferentes parceiros; e
  • garantir a satisfação do cliente por meio da experiência de consumo.

Quais são os principais custos na logística internacional?

Além da escolha do melhor modal que fará a movimentação da carga, é preciso levar em consideração os custos logísticos, a saber:

  • produto;
  • falta de produto para a produção;
  • custos de manutenção;
  • embalagem do produto;
  • modais de transporte e de frete;
  • logística tributária;
  • tecnologia usada nas operações;
  • custos com distribuição dos produtos;
  • valor humano na operação.

Como a ineficiência da logística impacta na competitividade das empresas?

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a logística internacional deve ser inserida nas ações necessárias à indústria brasileira no mercado internacional, pois os encargos com transportes, dificuldades no escoamento da produção e os custos com portos e os aeroportos são grandes desafios para o Comércio Exterior devido ao impacto da ineficiência operacional.

Diante dos obstáculos já vividos pelos importadores e exportadores, visto que há um significativo número de taxas, tarifas adicionais e excesso de burocracia, a solução imediata passa a ser mais investimento na cadeia logística dos portos para a solução dos entraves cotidianos.

Com a dependência do modal rodoviário que a logística brasileira está sujeita, o transporte de mercadorias acaba ficando muito mais caro na maioria dos casos. Além disso, fomentam ainda mais estes entraves os acidentes causados pela má conservação das vias ou a demora em trajetos longos.

A eficiência do transporte rodoviário requer uma boa estratégia na logística internacional para a execução das tarefas sem risco ou perdas que possam onerar o preço final dos produtos. No entanto, tem como desafio a interligação de modais entre rodovias, portos e aeroportos para a movimentação adequada conforme a demanda das mercadorias.

Dicas para melhorar a sua logística internacional

Sabemos que com a globalização a exigência para um novo olhar sobre os processos logísticos têm sido o grande desafio para as empresas importadoras e exportadoras, com foco sobretudo na logística internacional no Comércio Exterior, que é vista como uma ferramenta estratégica e abrange toda a complexidade da cadeia logística.

Dessa forma, para que os negócios internacionais sejam rentáveis e produtivos, algumas avaliações precisam ser consideradas a fim de obter bons resultados no processo da logística internacional:

  • estabelecer diálogo entre cliente e fornecedor;
  • escolher o modal de transporte adequado;
  • fornecer os documentos necessários para o transporte;
  • providenciar licenças e despachos aduaneiros;
  • monitorar o deslocamento das mercadorias.

Com o FollowNet da e.Mix sua logística será bem acompanhada

O FollowNet controla anualmente milhões de operações para importadores assim como exportadores de diversos portes e ramos de atividades, gerenciando as informações dos maiores agentes de carga do mundo.

Este software, que está ativo desde 1998, já economizou mais de 60 mil horas de trabalho para os clientes da e.Mix, trazendo ganhos de até 35% do aumento na produtividade dos seus usuários. Proporciona o controle completo sobre os status das operações de importação e de exportação, desde a parte internacional até a nacionalização do produto.

Desde o pedido de compra ou de venda até a entrega no destino final, passa pelo acompanhamento da carga em tempo real, auxiliando o cliente no monitoramento seguro da carga movimentada.

Acesse o nosso site e conheça melhor as nossas soluções!

Cadastre-se para receber todos os artigos por e-mail em primeira mão

    Sugira um tema para publicarmos no blog

      Veja também
      Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras
      Como preparar sua empresa para auditorias aduaneiras

      Auditorias aduaneiras são uma realidade inevitável para empresas envolvidas em atividades de importação e exportação. Estas inspeções são essenciais para garantir a conformidade com as […]

      Leia mais
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?

      De acordo com o Art. 404 do Regulamento Aduaneiro, o entreposto aduaneiro é definido como um regime especial que pode ser usado tanto na importação como na exportação. Ele serve para que as empresas possam armazenar suas mercadorias realizando a liberação junto à RFB com um prazo maior do que o habitual ou até efetuar a retirada das mercadorias de forma parcial. 

      Dessa maneira, o entreposto possibilita a suspensão dos impostos até que todas as etapas sejam finalizadas, no caso da importação e da exportação. Dependendo de cada caso, algumas das vantagens destes regimes estão na possibilidade de as empresas aprimorarem seus planejamentos logísticos e reduzirem os custos das operações. 

      Leia mais
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?

      Basicamente, a purchase order na importação é o documento que inicia a formalização do processo de compra de um produto importado. É a autorização da compra ou a confirmação da encomenda pelo comprador. 

      O pedido de compra contém todas as informações pertinentes ao produto ou serviço que será entregue, e estabelece a relação comercial a partir da aceitação do fornecedor. 

      Leia mais