Apex-Brasil promove dia 31 em Ribeirão Preto oficina sobre Marketing para Exportação

As empresas não exportadoras da região de Ribeirão Preto (SP) vão poder aprender mais sobre Marketing para Exportação, tema da Oficina de Competitividade que está […]

Apex-Brasil promove dia 31 em Ribeirão Preto oficina sobre Marketing para Exportação

As empresas não exportadoras da região de Ribeirão Preto (SP) vão poder aprender mais sobre Marketing para Exportação, tema da Oficina de Competitividade que está com inscrições abertas até 30 de janeiro. O evento é organizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e é voltado para empresas que participam do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX).

 

Durante a oficina, serão abordadas questões voltadas ao marketing aplicado ao ambiente internacional, bem como as vendas em mercados externos. O conteúdo engloba temas como análise de mercados, inteligência comercial, estimativas de mercado, estratégias de canais e de promoção comercial, e apresenta ferramentas relevantes para a internacionalização de empresas.

 

A Oficina de Competitividade integra o Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE) e visa qualificar micro, pequenas e médias empresas que têm interesse em exportar.

 

A gestão do programa é feita pela Apex-Brasil e a execução é desenvolvida em parceria com Universidades, Parques Tecnológicos, Federações de Indústrias e instituições que disponibilizam técnicos com formação profissional apropriada para a função. Hoje, o PEIEX possui núcleos operacionais em cerca de 1.200 municípios.

 

Para participar do PEIEX, o primeiro passo é solicitar uma visita da equipe técnica do Núcleo Operacional mais próximo (veja aqui a lista dos Núcleos com os respectivos contatos). A partir da visita, os técnicos verificam se a empresa está pronta para participar do programa e, se for o caso, será disponibilizada uma ficha de inscrição.

 

São 40 vagas e será permitida apenas uma inscrição por empresa. Para inscrições e mais informações, entre em contato pelo e-mail apexbrasil@apexbrasil.com.br.

 

Serviço:

 

Marketing para Exportação

Data: 31 de janeiro

Inscrições até 30/01, terça-feira, aqui.

Para mais informações e inscrições, entre em contato pelo e-mail:apexbrasil@apexbrasil.com.br

 

 

Fonte: Apex-Brasil

Cadastre-se para receber todos os artigos por e-mail em primeira mão

    Sugira um tema para publicarmos no blog

      Veja também
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?

      De acordo com o Art. 404 do Regulamento Aduaneiro, o entreposto aduaneiro é definido como um regime especial que pode ser usado tanto na importação como na exportação. Ele serve para que as empresas possam armazenar suas mercadorias realizando a liberação junto à RFB com um prazo maior do que o habitual ou até efetuar a retirada das mercadorias de forma parcial. 

      Dessa maneira, o entreposto possibilita a suspensão dos impostos até que todas as etapas sejam finalizadas, no caso da importação e da exportação. Dependendo de cada caso, algumas das vantagens destes regimes estão na possibilidade de as empresas aprimorarem seus planejamentos logísticos e reduzirem os custos das operações. 

      Leia mais
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?

      Basicamente, a purchase order na importação é o documento que inicia a formalização do processo de compra de um produto importado. É a autorização da compra ou a confirmação da encomenda pelo comprador. 

      O pedido de compra contém todas as informações pertinentes ao produto ou serviço que será entregue, e estabelece a relação comercial a partir da aceitação do fornecedor. 

      Leia mais
      Transporte Internacional Rodoviário para o Mercosul: quais as vantagens?
      Transporte Internacional Rodoviário para o Mercosul: quais as vantagens?

      A maior participação no Comércio Intrazona do Mercosul é a do Brasil, com cerca de 40%, vindo em seguida a Argentina com 30%, o Paraguai com 11% e o Uruguai com 8%. No momento atual, as exportações cresceram cerca de 16%, mantendo a expansão do comércio internacional fomentado pelo aumento da venda do trigo, do centeio, do arroz e do milho, fazendo com que as commodities continuem sendo o carro-chefe nas exportações nacionais. E a maior parte dos produtos transportados entre os países do bloco fazem uso do transporte internacional rodoviário.

      Leia mais