Equipe: a chave do Sucesso

É inegável o poder que a automação no gerenciamento de processos de importação e exportação possui, entretanto existe um pilar fundamental para o sucesso de […]

Equipe: a chave do Sucesso

É inegável o poder que a automação no gerenciamento de processos de importação e exportação possui, entretanto existe um pilar fundamental para o sucesso de sua empresa: a equipe. Pessoas bem treinadas, motivadas e felizes são essenciais para que qualquer serviço seja feito de forma satisfatória.

 

É a velha história: você pode adquirir todos os softwares para comércio exterior, mas se sua equipe não estiver com o espírito alegre para realizar o trabalho, não haverá nenhuma melhora em sua empresa – coisas feitas com alegria e propósito são as que trazem maior satisfação!

 

Essa metáfora pode ser comprovada em qualquer balcão de atendimento: quando o colaborador mostra prazer e boa vontade para ouvir o cliente, as chances de fidelizá-lo são bem maiores. E isso pode ser levado como aprendizado para qualquer setor de toda empresa, seja ela de que ramo for.

 

Segundo pesquisas realizadas na Universidade de Portland (EUA) e na Universidade de Konstanz (Alemanha), um ambiente de trabalho bem humorado garante que a criatividade das pessoas seja maior no dia seguinte. Há também estudos acadêmicos feitos pelo professor Peter Warr da Universidade de Sheffield, que relacionam a satisfação no trabalho com o número de faltas e com comportamentos contraproducentes, como não cumprir as obrigações de forma proposital, desperdiçar ou usar recursos da empresa para fins pessoais ou se apropriar do material de escritório.

 

Um bom gancho para aumentar a qualidade de vida e o bem-estar dos colaboradores é a automação. O objetivo principal da aplicação desse modelo é reduzir custos e aumentar a produtividade através da integração interna e substituição de tarefas manuais por softwares para comércio exterior. Entretanto, ao implementar esse conceito no gerenciamento de processos de importação e exportação a própria performance da equipe é otimizada.

 

Os softwares aumentam a confiabilidade dos dados passados de setor para setor, o que gera uma maior segurança nos colaboradores e menos stress. Outro ponto interessante é que a automação cria uma rotina organizacional baseada no sucesso: desvios são facilmente identificados e eliminados.

 

Por último, mas não menos importante é que tarefas meramente burocráticas são realizadas pelos programas, gerando um maior tempo para os colaboradores dedicarem aos clientes, amigos e familiares – e também a si mesmo.

 

Porém, somente ter os softwares para comércio exterior em suas mãos não será suficiente. Trata-se muito mais de criar uma consciência dentro da empresa, através de exemplos do líder, principalmente. Valorizar as pessoas, o ser humano como um todo e não somente como um mero fantoche para atingir seus objetivos empresariais.

Cadastre-se para receber todos os artigos por e-mail em primeira mão

    Sugira um tema para publicarmos no blog

      Veja também
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?
      Entreposto aduaneiro: O que é e como funciona e qual sua vigência?

      De acordo com o Art. 404 do Regulamento Aduaneiro, o entreposto aduaneiro é definido como um regime especial que pode ser usado tanto na importação como na exportação. Ele serve para que as empresas possam armazenar suas mercadorias realizando a liberação junto à RFB com um prazo maior do que o habitual ou até efetuar a retirada das mercadorias de forma parcial. 

      Dessa maneira, o entreposto possibilita a suspensão dos impostos até que todas as etapas sejam finalizadas, no caso da importação e da exportação. Dependendo de cada caso, algumas das vantagens destes regimes estão na possibilidade de as empresas aprimorarem seus planejamentos logísticos e reduzirem os custos das operações. 

      Leia mais
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?
      Purchase Order: o que é e qual seu papel na importação?

      Basicamente, a purchase order na importação é o documento que inicia a formalização do processo de compra de um produto importado. É a autorização da compra ou a confirmação da encomenda pelo comprador. 

      O pedido de compra contém todas as informações pertinentes ao produto ou serviço que será entregue, e estabelece a relação comercial a partir da aceitação do fornecedor. 

      Leia mais
      Transporte Internacional Rodoviário para o Mercosul: quais as vantagens?
      Transporte Internacional Rodoviário para o Mercosul: quais as vantagens?

      A maior participação no Comércio Intrazona do Mercosul é a do Brasil, com cerca de 40%, vindo em seguida a Argentina com 30%, o Paraguai com 11% e o Uruguai com 8%. No momento atual, as exportações cresceram cerca de 16%, mantendo a expansão do comércio internacional fomentado pelo aumento da venda do trigo, do centeio, do arroz e do milho, fazendo com que as commodities continuem sendo o carro-chefe nas exportações nacionais. E a maior parte dos produtos transportados entre os países do bloco fazem uso do transporte internacional rodoviário.

      Leia mais